..:: Ø DESTAQUES Ø ::..

..:: Ø SHOWS Ø ::..


09/03/15


 

Esta no ar o novo site do Ponto ZerØ, acessem e confiram as novidades: www.pontozero.mus.br. Sigam também em nossas redes sociais e fiquem ligados em nossas promoções de lançamento.

 

Estamos atrás de novos colaboradores, os interessados devem entrar em contato através do email: contato@pontozero.mus.br

 

Equipe Ponto ZerØ
www.pontozero.mus.br
instagram.com/pontozeroblog
twitter.com/PontoZeroBlog
www.facebook.com/pontozeroblog

Escrito por Ponto ZerØ às 09h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

07/05/12


SHINE: novo vídeo clipe da banda SPALLAH

A banda de metal SPALLAH, formada por Rafael (Vocal), Paulo (Bozzo) (Guitar), Junão (Guitar), Gwab (Drums) e Vicente (Bass), disponibilizou em seu canal do Youtube o primeiro vídeo clipe da banda, SHINE, música presente no primeiro single gravado em 2010, com produção do Marcelo Pompeu da banda KORZUS e Solange Brocanelli.

Formada em 2009 na cidade de Guarulhos, o SPALLAH surgiu com a pretensão de levar um som cru, pesado com uma característica bem diferente do convencional, sua música experimental, traz uma gama de ritmos que vagueia entre o peso do metal, a força do Hard Core Old School e os elementos do Jazz Fusion.

Segundo Rafael, “a gravação foi bem rápida, chegamos ao Studio na pegada pra grava o clipe, foi uma produção totalmente independente onde contamos com dois amigos pra fazer as filmagens e eu mesmo editei”, diz o vocalista da banda, e completa “queríamos mostrar mais a cara da banda por isso fizemos a gravação em um Studio, estou muito ansioso pra saber a reação da galera quando ver o video, espero que todos gostem”.

Confira o vídeo:




Mais informações sobre a banda, acesse:
www.myspace.com/spallah
www.facebook.com/spallah

Escrito por Fedopi® às 21h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

02/04/12


ENTREVISTA - Diablo Swing Orchestra

O Diablo Swing Orchestra é uma banda sueca formada em 2003 e tem como principais influências rock, jazz, música latina, mais conhecido também como “avantgarde-metal”. Por trás de todo mistério que envolve a biografia da mesma e a mistura na medida certa de vários estilos, a banda vem conquistando fãs, aos poucos, onde quer que seja ouvida. O lançamento do terceiro álbum de estúdio, intitulado “Pandora’s Piñata” está marcado para o dia 22 de Maio e [pouco depois que a entrevista foi feita] foi confirmado a única apresentação no Brasil, em São Paulo no Inferno Club, no dia 29 de Maio. Venda de ingressos aqui.

O Ponto ZerØ teve a oportunidade de entrevistar mais um membro da banda [somente co pergunta que os fãs mandaram no grupo do Facebook], um dos fundadores, principal compositor e guitarrista – Daniel Håkansson. Confira algumas curiosidades sobre a banda e o novo CD abaixo!

Ponto ZerØ: Olá Daniel, obrigada pela disponibilidade! Esta entrevista será feita somente com perguntas vindas dos fãs, então não seguirá um padrão, ok?!
Daniel Håkansson: Olá! Que bom, sem problemas!

: Uma vez numa entrevista, você disse que a maior diferença entre o primeiro CD, The Butcher’s Balroom”, e o segundo, “Sing Along Songs for the the Damned & Delirious”, era que o último tem uma porção maior de humor, além de ritmos mais dançantes e letras marcantes. Qual seria a principal diferença entre o último álbum e o “Pandora’s Piñata”?
DH: Eu diria que têm muita diferença; como banda, porque a cada álbum você começa perceber o que quer fazer com a banda... um grande esforço em conjunto, os outros membros estão mais envolvidos em termos de arranjos, letras e tudo a respeito da banda. Um verdadeiro progresso desde o 1º álbum no qual eu fiz quase tudo, no 2º fomos mais eu e Pontus trabalhando muito nos arranjos e ainda trabalhamos do mesmo modo para o “Pandora's Piñata”, mas os arranjos de trompetes e cordas, os outros trabalharam mais sozinhos, eu não estive tão envolvido como nos dois primeiros álbuns. Também temos um novo baterista, e a bateria é realmente uma grande diferença porque o Petter é um baterista mais experiente e tem muita experiência em gravações também, então ele trabalhou nos arranjos de bateria sozinho, enquanto nos outros álbuns eu e Pontus trabalhamos nas batidas e depois ensaiamos com o baterista na época, Andreas, e ele também contribuiu nas composições.
[Nota do editor: No dia 27/03/12 foi anunciada a saída do baterista Petter Kalrsson da banda.]


 


: No primeiro álbum, a banda trouxe uma aparente menção histórica e religiosa. No segundo, a inspiração foi os países que passaram na turnê. Nesse aspecto, qual foi a inspiração pro “Pandoras Piñata”?
DH: A inspiração que tivemos no passado e temos hoje ainda é a mesma, nós sempre temos os ritmos, músicas dançantes como uma inspiração no geral, a maior diferença pra mim foi que nos primeiros álbuns conquistamos um número incrível de ouvintes que eu pude entrar em contato e recebi e-mails deles, não sei por que, mas pessoas ouvindo a música e tirando força dela, quando eles te escrevem, você fica afetado por isso também então se torna uma coisa recíproca, porque nós nos importamos muito em saber o que as pessoas pensam ouvindo a banda. Na questão de inspiração, nós ainda temos nossas bandas e músicas favoritas, eu tenho conhecido bastante bandas e ritmos através do pessoal da banda que ouvem tantas coisas diferentes, então a conversa entre nós é uma inspiração enorme também.

: Em qual música poderemos ouvir o coral de crianças no novo CD?
DH: (Risos) Bem, a idéia dessa música está um pouco diferente do que era no começo, os coros na verdade são um multitrack do Johannes e Martin soando como crianças, a música se chama Black Box Messiah.

: Você se considera perfeccionista? Quando você terminou os álbuns, se sentiu satisfeito ou achou que ficou faltando algo?
DH: Isso é bem real porque com estes três álbuns sempre houve algumas questões que achamos que poderiam ter sido feitas um pouco diferente mas sempre ficamos agradecidos com o que temos, os recursos e o tempo que nos é dado. Claro que quando você ouve o projeto final, pensa que poderia ter feito algo diferente, mas isso traz mais inspiração para os próximos álbuns. No entanto, hoje pensamos que está perfeito e sentimos que não poderíamos ter feito nada melhor.

: Mesmo com todos os gêneros musicais que podemos ouvir nas músicas, a maioria das pessoas se refere ao DSO como uma banda de Metal. Você concorda com isso?
DH: Bem, acho que com esse novo álbum haverá menos referências do metal, ainda está lá, mas há algumas músicas que tivemos agora a coragem de desviar de qualquer tipo de metal, temos algumas delas no passado também. Em algumas músicas novas, não há nenhuma referência de metal e vamos ver como serão recebidas. Eu não me importo das pessoas nos verem como uma banda de metal, mas eu chamaria de “rock mais pesado”, porque metal pra mim é muito mais que isso, principalmente as guitarras, eu não sinto que temos isso, é mais rock mesmo.

: Como é o clima no backstage antes de tocar pela primeira vez em outro país?
DH: É sempre emocionante. Até agora, sempre fomos bem recebidos pelo público. Há uma tensão às vezes de tocar na frente de um público que é um pouco cético de início, porque no papel pode parecer que somos uma banda que faz isso como se fosse quase uma piada, por causa da voz de ópera e tudo que fazemos. Mas até agora temos sempre um clima bom no backstage quando sabemos que gostam da gente desde o início, é sempre ótimo sair e tocar e sabemos que será uma ótima experiência. Se sentimos que estão nos estranhando, pensamos "ok, vamos mostrar pra eles" (risos).

: Qual é a coisa mais difícil em relação a composições, numa banda que usa tantos estilos musicais?
DH: A coisa mais difícil foi o 1º álbum porque não sabíamos o que queríamos usar, e nos últimos nós tínhamos um objetivo concreto e também mudamos o produtor. Foi como se fosse uma "era experimental", porque nem tínhamos um contrato de gravação, não tínhamos visão em lucrar na época, gostávamos de tocar e foi o que fizemos. Hoje nós não pensamos sobre "gêneros" ou como se encaixam juntos, nós apenas testamos a idéia - seja ele qual for. Então só pensamos se a música é boa, se gostamos dela, se funciona.



: Em qual momento vocês perceberam que são mais famosos na América Latina do que na Suécia / Europa e o que você acha disso?
DH: Os públicos que conhecemos até hoje, são muito mais vibrantes e energéticos, mais apaixonados pela música do que os públicos da Europa. Se você comparar com a Suécia, que é um país pequeno com muitas bandas ativas no meio, o público que temos aqui é muito limitado, principalmente se o gênero musical é mais misto, é muito difícil conseguir prosseguir, porque a imprensa do mainstream na Suécia tem um sério problema em lançar bandas novas por causa das pessoas... Digamos que tenhamos 2% da população ouvindo música, não é tanto se você comparar com o Brasil ou México, os ouvintes em potencial. Acho que as bandas suecas estão sempre alcançando sucesso fora do país primeiro, antes de ter algum reconhecimento no próprio país. Sei que as bandas maiores como In Flames, sempre fazem mais sucesso fora e depois voltam e então no 5º ou 6º álbum as pessoas começam reconhecer como uma banda boa. Espero que possamos fazer isso também, mas não parece muito provável pela recepção que tivemos aqui até agora.

: Você ouviu algo sobre o público brasileiro nos shows? O que você pensa sobre nós?
DH: Nós temos uma faixa no álbum que é fortemente influenciada por samba, então realmente esperamos poder ir ao Brasil e pelo que tenho visto nos vídeos do Youtube e algumas performances ao vivo de algumas bandas, parece que vocês fazem uma verdadeira festa! Espero muito que possamos fazer esse show no Brasil, estamos trabalhando duro nisso!

: Daniel, por enquanto é só, agradecemos muito sua atenção, fique à vontade para mandar uma mensagem para os fãs brasileiros!
DH: Eu gostaria de agradecer a todos vocês por todo trabalho e esforço pra nos levar pra tocar aí, eu realmente agradeço isso e espero ter uma notícia boa pra vocês em breve – se não for desta vez, posso prometer que iremos num futuro próximo e faremos um ótimo show aí!

Mais informações sobre o show? Confira abaixo!
www.theultimatepress.blogspot.com.br


Escrito por Ponto ZerØ às 23h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

12/03/12


Entrevista - Anders Johansson / Diablo Swing Orchestra

Por Letícia Okabayashi [Parte 2.]

Após falar um pouco sobre a banda em que é baixista, Anders Johansson, do Diablo Swing Orchestra, conta mais um pouco de sua carreira e o que espera dos fãs brasileiros.

Esta semana foi anunciada, pela agência Sob Controle, Diablo Swing Orchestra em apresentação única no Inferno Club em São Paulo no dia 29 de maio.

O lançamento do novo CD Pandora's Piñata será dia 22 de maio!

: Você acredita que tenham mais fãs aqui na América do Sul do que na Europa?
AJ: Sim, acredito nisso. Temos mais fãs na América do Sul do que em várias outras partes do mundo, vocês parecem ser muito sociáveis também, então é fabuloso, é realmente um prazer falar com vocês! Talvez há fãs em outros lugares também mas não fazem muito barulho (risos). Acho que temos uma música do Sing Along Songs que vai estar numa coletânea japonesa com outras bandas, em breve, então com sorte mais pessoas na Ásia saberão mais sobre nós desta forma.

: Você disse que é diretor de arte, quais são suas inspirações pra esta profissão?
AJ: Boa pergunta... Eu acho que minhas fontes cresceram em mim através de todos esses anos, mas eu sou muito fã de livros, principalmente capas e filmes, é claro. Como você deve ter notado eu foco muito nos tipos de desenhos e ilustrações dos anos 50 e 60, então um filme como “Onze Homens e Um Segredo”, a mistura dos tipos de músicas dos anos 50 e 60, com a arte daquela era é realmente algo que me atrai, e uma vez que se abre essa porta, tudo vem pra mim. Então é isso, filmes, livros, o ambiente no qual eu vivo... sou muito feliz por trabalhar com pessoas talentosas, acho que eu pego alguma coisinha de tudo e claro, tendo fontes diretas como diretor de arte na internet, há muitos sites pra navegar... Música, filmes, livros, pessoas, conversas...



: E como você conheceu o contra-baixo?
AJ: Na verdade é engraçado, porque quando eu estava na 7ª série, algumas pessoas vieram à nossa escola nos informando o que poderíamos fazer depois das aulas em vez de ir pro centro da cidade nos meter em confusão. Umas dessas coisas era ping-pong e tocar numa banda! No dia em que começamos, eu cheguei um pouco atrasado então todos já tinham pego seus instrumentos e o único que sobrou foi o baixo (risos)! Foi assim que comecei. Acredito que eu queria ter sido baterista no começo, mas já tinham pego também. Mas assim que peguei o baixo e ouvi um cara tocando Iron Maiden, na mesma hora o baixo me conquistou. Um amigo da escola dizia que o baixo é a mãe (ou pai) de todos os instrumentos e eu devo concordar! Definitivamente há algo no baixo (risos)!

: E há quanto tempo você toca?
AJ: Bom, muitos anos, eu acho... Toco desde os 14 anos e farei 34 este ano então... uau, 20 anos! Eu não tocava ativamente, ensaiando todos os dias, é claro, mas sempre tive bandas, ao menos uma. Já faz muito tempo!

: E quais são suas influências como baixista?
AJ: Nos primeiros anos, a nova onda do heavy metal britânica, com o Iron Maiden na frente de tudo e da América, Metallica, é claro. Alguns anos depois surgiram Rage Against the Machine, Red Hot Chili Peppers, Primus. Todas essas bandas no começo, mas quando fui pra este lugar, após as aulas, eu tinha 14 ou 15 anos, os caras mais velhos ensinavam os outros a tocar e eu conheci um cara chamado Matthias, ele sabia bastante sobre Sisters of Mercy e Fields of Nephilim, coisas do tipo, o lado mais “obscuro” de tocar rock, então comecei a tocar bastante essas músicas e elas eram primariamente minha preferência, eu realmente gostava de tocá-las. Assim que conheci o funk, com Flea do Red Hot Chili Peppers, uma nova era se abriu pra mim, então eu comecei a pegar do Steve Harris e estes caras, como as galopadas, o jeito progressivo de tocar baixo e misturei com o funk no estilo do Flea e eu ainda faço isso hoje: bem funky mas muito do rock pesado progressivo também.

: De qual música você gostaria de fazer uma versão cover com o DSO?
AJ: A primeira que vem a cabeça é “Knights of Cydonia” do Muse!

 


 

 


: Você poderia descrever o que sentiu na primeira vez que esteve num palco?
AJ: Boa pergunta! Eu sempre recebo muita adrenalina e agitação quando subo no palco, sempre é um prazer pra mim fazer isso e eu sei que muitas pessoas percebem isso, é como funciona o ser humano no palco, na frente da platéia.Acho que estar no palco desperta muitas coisas que não viriam à tona em outras situações. Você sente uma agitação imensa, não age com o pensamento, mas com algo mais primitivo... se torna divino em vários pontos.

: E o sentimento da primeira vez é ainda o mesmo de atualmente ou mudou um pouco, já que você tem mais experiência?
AJ: Depende... mas não importa qual o público, na hora que você sobe no palco e tem ao menos uma pessoa lá pra apreciar o que você faz, é o bastante pra fazê-lo. Sempre foi assim, desde começo até agora, mesmo se estou cansado ou com problemas de fuso-horário, não importa, quando se está no palco e há pessoas com aqueles sorrisos largos no rosto, isso é o que importa pra mim.

: Vocês terão muitas pessoas dançando na platéia em maio, como você se sente sobre os fãs sul-americanos, dançando e gritando o tempo todo nos shows?
AJ: Ah, eu amo isso. Você está certa ao descrever o público sul-americano - estão sempre dançando e gritando muito, é maravilhoso.



: E quais são os planos após a turnê por aqui?
AJ: A América do Sul têm tomado muita de nossa atenção no momento, é por isso que nos mantemos focados em fazer esta turnê da melhor forma possível, mas sei que estamos planejando uma turnê italiana, alguns shows na Finlândia, Ucrânia e Rússia e estou trabalhando num show em Estocolmo também – só não sei se será antes ou depois da turnê – vamos tocar em casa também, não tenho certeza de quantos virão, acho que não seria como no Brasil.

: Tem um grupo no Facebook dedicado ao DSO pelos fãs brasileiros, é bastante movimentado, sempre muita gente trocando idéias sobre a banda...
AJ: A música é maravilhosa nesse sentido, conecta pessoas em todo lugar. Se você gosta de uma banda e encontra outras pessoas que gostam dela, é muito bom, você está realmente conectado!

: Verdade! Anders, eu agradeço muito pelo seu tempo, é uma honra entrevistar você. Fique à vontade pra deixar alguma mensagem para os fãs brasileiros.
AJ: Espero que vocês sejam brincalhões tanto quanto nós, acho que “divertimento” é a chave hoje em dia... menos sério, mais divertido, maravilhoso!

Ouça mensagem que Anders mandou aos fãs brasileiros!



Mais informações sobre o show em breve!

Escrito por Ponto ZerØ às 22h21
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

04/03/12


Entrevista - Anders Johansson / Diablo Swing Orchestra

Por Letícia Okabayashi [Parte 1.] 

Você conhece Diablo Swing Orchestra? Se sim, sabe do que eles são capazes. Se não, tá aí uma boa oportunidade de conhecer: a banda sueca lançará o seu terceiro álbum, “Pandora’s Piñata”, no próximo mês de maio - e na mesma época, visitará a América do Sul para uma turnê.

O grupo chama atenção pela sua originalidade ao misturar estilos – passando desde o jazz, blues, flamenco e música erudita ao heavy metal (este último sendo a base de todos os gêneros anteriores), tendo na maior parte das músicas, vocal soprano lírico.

Nesta primeira parte do bate-papo, o baixista Anders Johansson, que concedeu uma entrevista ao Ponto ZerØ, nos conta as novidades sobre o novo CD, sua carreira e demais curiosidades que os fãs brasileiros (ou que estão prestes a se tornar!) gostariam de saber. Divirta-se!

Ponto ZerØ: Anders, primeiramente, obrigada pela sua disponibilidade.
Anders Johansson: Sem problemas!

PZ: O Diablo Swing está prestes a lançar o terceiro álbum. Qual foi a diferença entre gravar este álbum e os anteriores?
AJ: Acho que estamos mais acostumados com algumas questões que surgem ao gravar álbuns, então, estamos um pouco melhores em lidar com todas as situações agora. Todos na banda sabem mais sobre seu próprio papel se tratando de gravação então é muito mais fácil atualmente.

PZ: E AnnLouice grava os vocais no mesmo estúdio em que vocês gravam os instrumentos? Nas gravações do Sing Along Songs for the Damned & Delirious, por exemplo, ela não apareceu em nenhum vídeo do estúdio...
AJ: Ela canta sim no mesmo estúdio. Na verdade, o estúdio In Flames em Gotemburgo tem duas salas diferentes, a sala grande e a pequena, então depende de qual música se está gravando, se é uma voz de ópera muito alta, temos que estar na sala grande pra pegar o ambiente correto do som e para a maioria das músicas que ela canta bem perto dos microfones, como em “Bedlam Sticks”, nós usamos a sala pequena. Ela não aparece mesmo e eu estava fazendo a maioria dos vídeos do Sing Along Songs, acho que a perdi em um ou dois dias, porque alguns de nós normalmente estamos no estúdio todo o tempo – Pontus é o que mais aparece, estando lá quase sempre e Daniel, é claro, mas alguns de nós apenas entramos e saímos, é mais fácil assim.



PZ: Você compõe músicas também (pro DSO ou pra você mesmo)?
AJ: Eu contribuo mais com as linhas de baixo, as escrevendo com Daniel ou Pontus, e isso funciona muito bem, e também bastante com o Johannes. Com as letras, eu escrevo alguns versos pra preencher algumas lacunas. Às vezes Daniel escreve alguma melodia e me pede pra escrever a letra, como por exemplo na “Zodiac Virtues”, do The Butcher’s Ballroom” e neste novo álbum eu escrevi “Of Kali Ma Calibre”, espero que vocês gostem.

PZ: E qual é o significado do título “Pandora’s Piñata”?
AJ: É basicamente uma brincadeira com as palavras, uma coisa importante da mitologia grega com Pandora representando isso e Piñata sendo como um doce mesmo, um tipo de elemento muito divertido, então juntos contrastam com diversão. É isso, contrastes!

PZ: Nós podemos esperar por algum vídeo das gravações em breve?
AJ: Nós não filmamos as gravações desta vez da mesma maneira, mas nós temos fotos e coisas do tipo. Estamos pegando o material agora e assim que escolhermos a pessoa que deverá masterizar o álbum, isso será feito em alguns dias e então estaremos prontos pra mostrar algo online.

PZ: É muito claro que vocês usaram samba em Vodka Inferno. Este ritmo brasileiro vai aparecer novamente no álbum novo?
AJ: Absolutamente. O ritmo brasileiro e especialmente o samba é algo que eu particularmente amo com o Diablo, então fico feliz em dizer que nós vamos com certeza ter bastante samba. Espero que vocês gostem também!

PZ: No novo álbum, as musicas são ligadas umas às outras?
AJ: Acho que se pode ver a essência do álbum como uma historia inteira, apesar de eu não achar que isso foi intencional desde o começo. Uma vez que ouvimos as músicas uma atrás da outra e organizamos numa ordem propícia para o CD, realmente pareceu uma história completa como algumas do Tim Burton, o que é muito bom, é claro. Durante o álbum, temos os verdadeiros altos e baixos, o equilíbrio, como temos em qualquer drama e também o “grand finale”, eu suponho. Acho que vocês vão gostar.

PZ: Qual é a idéia por trás dos “7 Pecados Capitais”?
AJ: Você pode vê-los como os doces que vê da Piñata. Pandora liberando todos os pecados mortais no mundo mas agora não sendo a Caixa de Pandora, mas sim no modo divertido da Piñata – os contrastes, novamente.



PZ: Por quê você acha que o DSO atrai tantas pessoas diferentes do mundo inteiro?
AJ: Basicamente, acredito que é por causa de todo o material que misturamos, os ingredientes. Eu acho que qualquer pessoa, sendo da Ásia, Rússia, Suécia ou Brazil, sente algo familiar com tudo isso e se você mistura com metal ou hard rock, algo acontece. A forte energia do metal com algumas destas formas de música, acho que é por isso que se espalha assim. Nós somos músicos muito diferentes, o que significa que todos podem contribuir com coisas diferentes, o que cria a amplitude de tudo isso.

PZ: Mesmo com todos os gêneros musicais que vocês tocam, a maioria das pessoas se refere ao DSO como uma banda de metal. Você concorda com isso?
AJ: Há uma alta energia se tratando de heavy metal e eu acho que nós carregamos esta energia conosco mas não 100% no “modo metal”, mas mais como uma base pro resto dos gêneros musicais que usamos, então estão certos no quesito alta carga de energia que carregamos através da música, é certamente mais pela mistura do que apenas pelo metal.

PZ: Ok, mas a AnnLouice é uma cantora de opera profissional, ela tem essa base no heavy metal também?
AJ: Acredito que ela ouve música tanto quanto nós e as mais pesadas são ela gosta muito também.

PZ: Atualmente, a internet é o maior meio de publicar e divulgar qualquer material. Você acha que downloads podem prejudicar as bandas de alguma forma?
AJ: Bem, por um lado, é realmente uma necessidade por a música lá porque, de outra forma, é muito difícil obter o interesse desde o começo, é como você comercializa sua música e é como se espalha. E então temos o outro lado disso, você tem que obter algum ganho pra continuar, então se todos fizessem download de tudo, não haveria dinheiro, especialmente para as gravadoras pequenas, pra pegar o que eles ganham de lucro, como vendas de uma banda, e investir em outra banda que descobrirem. É um círculo que se torna muito prejudicial se todos aderirem aos downloads, mas têm que se equilibrar, como fazemos com tudo. Há também o aspecto do tempo quanto a isso, digamos que você tenha um contrato com uma gravadora por 2 anos sobre as vendas e quando o contrato expira, todos os direitos se voltam pro artista fazer o que bem entender com o material e então podem colocar coisas, como “extras”. Então, sim e não (risos)!

 


PZ
: Você colocou toda a arte do Pandora’s na página do Facebook, você acha que isso pode deixar as pessoas mais curiosas para ter o CD em mãos?
AJ: Colocando online como fazemos, sempre por seções, os posters, os Sete Pecados Capitais, etc, e não colocando tudo de uma vez, construímos o interesse passo a passo e temos visto no Facebook que as pessoas parecem gostar, muitos comentários acontecem, gerando novas expectativas, o que pode ser bom ou pode ser ruim. É a grande diferença entre ver uma pequena imagem na internet à tê-la impressa na sua mão. O Pandora’s Piñata vai ter um encarte com 16 páginas e tem sido muito bom fazê-lo, desde o começo, tendo bastante tempo pra trabalhar nele. Na verdade eu comecei trabalhar nisso em outubro.

PZ: E você fez todos os desenhos especificamente pro Pandora’s ou tinha algumas imagens e idéias que combinavam com o álbum?
AJ: Eu tentei usar a mesma técnica que uso no meu trabalho no dia-a-dia como diretor de arte, vi como um trabalho realmente, o que me fez ficar melhor estruturado no processo. Tentei construir um conceito para a arte, uma base, e a partir daí, uma vez que se acha o ponto certo, é muito fácil de adaptar e transportar este conceito pra diferentes pedaços, diferentes resultados e objetivos - como ficaria uma parte nas letras, ou como seria uma camiseta. Então digamos que se eu fosse desenhar uma faca do Pandora’s Piñata, uma vez que eu percebesse como uma faca seria na nossa maneira, não seria tão difícil transportar essa idéia pra outras coisas, como uma caveira, um anjo, ou um anel. Quando se tem uma base pra começar, é realmente um processo natural.

~~ Fique atento e confira a 2ª parte da entrevista em breve!!!

Veja a mensagem do Anders aos fãs brasileiros:


Escrito por Ponto ZerØ às 03h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

24/01/12


Dia do Metal Versão Estúdio: Extendido o prazo para inscrições de bandas


A iniciativa de Fernando Quesada para alavancar a cena Power Metal no Brasil tem nova deadline de inscrições. As bandas podem se inscrever até o dia 17/02/2012.

As inscrições podem ser feitas em http://www.wix.com/diadometal/estudio

Os produtores que também estiverem interessados em ajudar, podem entrar em contato pelo formulário no próprio site.

A lista de bandas selecionadas será publicada em meados de março/2012

Escrito por Ponto ZerØ às 22h11
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

21/12/11


Queensrÿche confirma show no Brasil


A banda norte-americana Queensrÿche retornará ao Brasil em 2012 para uma apresentação única que será realizada no dia 14 de abril (sábado) no HSBC, em São Paulo (SP).

Com mais de trinta anos de carreira, o grupo formado atualmente por Geoff Tate (vocal), Michael Wilton e Parker Lundgren (guitarras), Eddie Jackson (baixo) e Scott Rockenfield (bateria), já vendeu mais de vinte milhões de cópias de seus álbuns.

A Free Pass Entretenimento informará sobre ingressos e pontos de venda em breve.

Site relacionado: www.freepass.art.br

Escrito por Ponto ZerØ às 21h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

07/12/11


Velhas Virgens lança o 1° DVD do Brasil via"crowdfunding"


A banda apresenta o DVD em São Paulo e comemora 25anos, amparada por uma multidão de fãs


São 25 anos de estrada, rock e independência. Quemelhor presente a banda poderia receber que o total apoio de tantos fãs eparceiros? O DVD que comemora esta grande marca seria um presente dedicadoaos fãs, mas foram estes que presentearam a banda com o financiamentocoletivo que viabilizou este lançamento.

As Velhas Virgens lançam o primeiro DVD brasileiro feitototalmente com recursos arrecadados via “crowdfunding”. Pelosite ComeçAki a banda conseguiu arrecadar toda a verba necessária com resultados surpreendentes. Nos três meses que vigaram a ação, 525 pessoas colaboraram espontaneamente com valores direto para a campanha. A meta que era deR$ 25.556,00, foi superada quase dez dias antes do fim do prazo e chegou aR$ 33.122,00!

O DVD “Velhas Virgens – Tour Rocki’nBeer 25 anos” reúne os clássicos gravados em show ao vivo(acústico e elétrico) realizado em junho deste ano no Opinião em Porto Alegre.A partir de então começou a turnê dos 25 anos por todo o Brasil. Finalizando2011, ano do “jubileu de prata” da banda, dia 20/12 seráfeito o lançamento oficial DVD em São Paulo, no Carioca Club.

Os fãs colaboradores figuram neste DVD comoco-produtores e faturaram brindes, como o próprio DVD em primeira mãoautografado e até uma música personalizada citando seu respectivo nome,cantada pelas Velhas Virgens. Além do apoio financeiro e constante dosfãs, várias iniciativas espontâneas circularam pelas redes sociais,reafirmando que a banda tem mesmo muito a comemorar em 2011. O jornalista Mauricio Kubrusly foi um destes, gravou um vídeo em apoio que pode ser visto nocanal “Youtube” da banda. Assim como o comentarista Walter Casagrande e o escritor André Vianco que divulgaram o projeto pelo Twitter, além de muitos outros amigos e artistas.

Foi muito gratificante saber que podemos contar comnossos fãs. Graças a eles, concretizamos mais um importante trabalho para abanda, a tão esperada gravação do DVD de 25 anos”, conta o guitarrista, Alexandre Dias.

O grupo é pioneiro na cena independente brasileira, tem 11 CDs lançados, três DVDs, revista em quadrinhos, etc. O “saldo” destes 25 anos:uma agitada agenda por todo o Brasil, shows lotados, 16 mil seguidores peloTwitter, 21 mil curtindo a “Fan Page” no Facebook e enormeinteração com este público em tempo real, entre outros feitos. A banda conseguiufazer a sua história, com espontaneidade e proximidade a seus fãs.

Embriagados e polêmicos, em 2012 as Velhas Virgens terão até uma cerveja própria pra brindar!

SERVIÇO
Show de lançamento do DVD de 25 anos
São Paulo /SP.
Data
: 20/12/11, terça feira.
Local: Carioca Club.
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, n. 2899, Pinheiros.
Horário: a casa abre às 22h e o show começa a meia noite.
Banda Convidada: Cavern Club Project (Beatles Cover).
Informações: 11 3813 8598. www.cariocaclub.com.br

Ingressos antecipados
:
R$ 20,00, 1° Lote (01/12 a 10/12)
R$ 25,00, (11/12 a 20/12)
Na data R$ 30,00.

Ponto de vendas
: Carioca Club, rua Cardeal Arcoverde, n.2899 (das 10h às 20h)
Café Aurora, rua 13 de Maio n. 120 (das 10 às 20 h), fone:11 3255 5564;
Baratos Afins, rua 24 de Maio, n. 62, 2 andar, loja 318 (das10 h às 19 h), fone: 11 3223 3629.


25 anos deindependência e Rock!

1986 foi um ano acidentado, marcado pelo trágico acidentenuclear em Chernobyl. No entanto, outro acidente quase tão terrível aconteceuno México, no mesmo ano: a argentina foi bi-campeã de futebol. Por outro lado,também neste ano, chegava ás lojas a primeira versão do Windows. Nos céus ocometa Halley deu as caras, trazendo de volta os sucessos do velho e bom BillHalley. Também nos céus, 73 segundos depois de ser lançado, o foguete Challenger explodiu matando seis astronautas e uma professora, a primeira civila participar do programa nuclear norte americano. No Brasil, o querido fuscadeixou de ser fabricado. Pouca gente lembra, mas neste mesmo ano, nossodinheiro passou a se chamar cruzado, durante o governo Sarney (este mesmo quecontinua em Brasília até hoje).

Com muito menos alarde do que todos estes acontecimentos, noconservatório musical de Santana, Zona Norte de São Paulo, dois jovens tramavamo plano maligno de fundar a banda mais desbocada, mais divertida e maluca do Brasil. Foi também em 1986 que Alexandre Dias (Cavalo) e Paulo de Carvalho (Paulão) criaram a banda das Velhas Virgens, inspirados num filme de Mazzaropi. Sem a menor pretensão de durar um quarto de século, lançar discos ou sequercompor músicas, no máximo um “showzinho” ali no Madame Satã e umascervejas no Bixiga. Nada mais.

E não é que eles conseguiram? A banda “renovaseus votos” para mais 25 anos, ou pelo menos enquanto o fígado agüentar!

Acesse:
www.velhasvirgens.com.br
Siga no Twitter @velhasvirgens
Fan Page no Facebook: http://facebook.com/velhasvirgens
www.youtube.com/TVvelhasvirgens
Projeto VV no Começaki: www.comecaki.com.br/projetos/view/id/11



VelhasVirgens são
Paulo Carvalho, “Paulão” no vocal e gaita
Alexandre “Cavalo” Dias na guitarra
Tuca Paiva no baixo
Simon Brow na bateria
Roy Carlini na guitarra
Juliana Kosso no vocal

Escrito por Ponto ZerØ às 21h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Shadowside recebe prêmio "Banda Metal do Brasil" em 2011


Grupo lançou um dos discos mais elogiados do ano
Músicos já se apresentaram em mais de 20 paises na Europa


A Shadowside foi uma das vencedoras do Prêmio Rock Show 2011, realizado na Capital Disco, em Santos. Na premiação, organizada pela terceira vez consecutiva, o grupo representado na cerimônia pela vocalista Dani Nolden e o guitarrista Raphael Mattos, faturou o prêmio "Banda Heavy Metal de 2011".

Neste momento, a Shadowside está em plena divulgação do já aclamado "Inner Monster Out", álbum gravado, mixado e masterizado por Fredrik Nordström, um dos principais produtores de Heavy Metal da atualidade, no Fredman Studio, em Gotemburgo, Suécia. O CD tem a participação especial dos vocalistas Mikael Stanne (Dark Tranquillity), Björn "Speed" Strid (Soilwork) e Niklas Isfeldt (Dream Evil). A versão nacional do disco traz a releitura de Inútil, clássico dos anos 80, com Roger Moreira, líder do Ultraje a Rigor!, dividindo os vocais com a frontwoman Dani Nolden.

O videoclipe de "Angel with Horns", primeiro single do novo disco, superou a marca de 106 mil views no Youtube. O expressivo número de visualizações fez com que o material figurasse recentemente entre os vídeos mais vistos, mais comentados, melhor avaliados e "favoritados" do site.

Confira o clipe da música "Angel with Horns" e diversos outros vídeos do grupo em turnê pela Europa em www.youtube.com/user/ShadowsidePress7.

Os produtores interessados em contratar o espetáculo que já passou por mais de 20 países da Europa, cinco turnês pelos EUA e diversas cidades do Brasil, devem entrar em contato através do e-mail contato@furiamusic.com.br.

O "Prêmio Rock Show", uma das premiações mais importantes da música brasileira, tem como objetivo fortalecer cada vez mais a cena do rock e ser uma vitrine para o resto do Brasil. Confira as fotos da Shadowside durante a premiação em www.facebook.com/shadowsideband.

A lista dos vencedores do "Prêmio Rock Show 2011" escolhida pelos jurados:
Prêmio Rock Show 2011 - Garage Fuzz
Melhor show - Fresno
Metal - Shadowside
Disco do ano - Forfun
Melhor DVD - Nx Zero
Hit do Ano - Aliados
Hardcore Brasil - Hancore
Artista do Ano - Glória
Hip Hop - Conexão Baixada
Programa de TV - Acesso MTV
Programa de Rádio - Na Balada (Jovem Pan FM)

Confira abaixo a lista completa dos vencedores pelo voto popular:
Banda Pop - Garne
Banda Rock - Rocka
HC 013 - Bayside Kings
Fora do Eixo - Summer
Rede Social - Cena da Baixada
Independente Brasil - Replace
Clipe do Ano - Matra
Noite Santista - Selo Nacional
Girls Power - Izi
Revelação - Panorama
Som Original - Avera Jam

Links relacionados:
www.facebook.com/ROCKSHOWSANTOS
www.facebook.com/premiorockshow2011
https://twitter.com/RockShowOficial
www.facebook.com/shadowsideband
http://twitter.com/shadowsideband
www.youtube.com/ShadowsidePress7
www.lastfm.com.br/music/Shadowside
www.shadowside.ws
www.myspace.com/shadowsideband
Die Hard: www.diehard.com.br

Escrito por Ponto ZerØ às 21h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Mayan - Carioca Club 26.11.11

Por Letícia Okabayashi

O último sábado, 26 de Novembro, um dia aguardado por muitos fãs há meses, ficou marcado como um dos melhores shows do ano, no Carioca Club, em Pinheiros, recebendo a banda MaYan (dream-team dos sonhos pra quem curte Epica e After Forever - com algumas participações mais que especiais).

Pouco mais de 17h, a fila na frente da casa virava a esquina, imensa, e por volta das 18h foi aberta. Rapida e antencipadamente, sobe ao palco a banda Mellinne, tendo como frontwoman a vocalista Christie Mary N.R - a banda já estava no palco quando entrei). No set, algumas músicas próprias e algumas covers de bandas como Epica e Iron Maiden. Apesar do respeito que os presentes mostravam, a banda parecia deslocada, tendo o som prejudicado e errando nas execuções dos covers. Mais ou menos após 40 minutos de apresentação, a banda anunciou a “última música”, que simplesmente não aconteceu! Foram cortados e saíram o palco com a casa ainda enchendo, deixando a desejar tanto em performance e presença, quanto em musicalidade (talvez pela inexperiência e responsabilidade do momento).

Às 19h15 é chegada a tão esperada hora (para azar de alguns, pois a apresentação foi adiantada, o que fez com que alguns fãs perdessem músicas. N.R.: A Dark Dimensions mandou um e-mail por volta das 15h informando sobre o novo horário, mas não vi ninguém além de mim que recebeu.). Os integrantes da banda liderada por Mark Jansen tomam seus postos sob muitos aplausos e gritos, abrindo com as estrondosas “Symphony of Agression”, “Mainstay of Society” e “The Savage Massacre”, já podendo se ver entre as músicas as musas Simone Simons, Floor Jansen (que voltou aos palcos depois de um hiato de 5 meses para cuidar da saúde e veio especialmente para o show do Brasil) e impressionante Laura Macrì. Com um entrosamento incrível e um peso insano, os guitarristas Frank Schiphorst e Isaac Delahaye completavam um ao outro em meio aos guturais de Mark, que arriscou algumas palavras em português e se mostrou um ótimo frontman, sabendo chamar o público, descendo várias vezes do palco para a fila do gargarejo, interagindo tanto com a banda, quanto com os fãs (até mandando beijo para as mais apaixonadas!).

O renomado Ariën van Weesenbeek destruindo, como sempre, na bateria, assim como Rob van der Loo, no baixo, que também mostraram muita desenvoltura e técnica no decorrer do set, no qual foi executado praticamente na integra o recente cd da banda, Quarterpast, para alegria dos fãs. Os momentos de mais euforia se davam, sem dúvida, quando Simone ou Floor tomavam a frente do palco, mostrando que mesmo após anos sem pisar em terras brasileiras, ainda continuam muito queridas.

Com certeza um dos pontos mais positivos do show, foi quando Henning Basse (ex-Metallium) tomou a frente da banda e então foi executado um perfeito medley do Iron Maiden, com "The Number of the Beast", "The Trooper", "Fear of the Dark" e "Run to the Hills", parecia que a casa ia abaixo, e Henning com sua voz incrível e poderosa, comandando os fãs, sabendo realmente agitar a galera eufórica. Agradeceu todo o carinho e a presença de todos, até brincando que era o último show do MaYan mas ainda há um "futuro".

Os dois momentos em que Laura Macrì fez pequenos 'solos' (em "Essenza di Te" e principalmente em "O Mio Babbino Caro"), foram impressionantemente incríveis - uma voz perfeita, parecendo até playback!

Os momentos finais foram ainda mais bombásticos quando começou a "War on Terror", na qual foi lançado um clipe recentemente, "Sinner's Last Retreat" e em seguida a famosa "Cry for the Moon" do Epica, 10 minutos alternados entre a pureza da voz de Simone e os guturais de Coen Janssen (também comandando os teclados). A última, e com certeza não menos importante, pra fechar com chave de ouro, "Follow in the Cry" do After Forever, com Floor Jansen arrebentando nos vocais mostrando sua versatilidade e que, apesar de ainda em recuperação, é extremamente profissional e sabe o que está fazendo.

Uma apresentação que pode realmente ser definida como SHOW, onde não se sabe para que lado do palco se olha, tamanha desenvoltura, carisma e energia dos integrantes. Foram embora com a promessa de voltar em breve: com certeza muitos já aguardam ansiosos!

Symphony Of Aggression
Mainstay Of Society
The Savage Massacre
Quarterpast
Course Of Life
Essenza Di Te
Incentive (Epica Cover)
Celibate Aphrodite
Iron Maiden Medley (The Number of the Beast, The Trooper, Fear of the Dark, Run to the Hills)
Bite The Bullet

Encore:
O Mio Babbino Caro
Drown The Demon
War On Terror
Sinner's Last Retreat
Cry for the Moon (Epica Cover)
Follow in the Cry (After Forever Cover)

Escrito por Ponto ZerØ às 20h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

01/12/11


Resultado da promoção, ingresso para o show do Matanza

Abaixo segue o nome da vencedora do ingresso para o show da banda Matanza, eu ocorrerá no dia 03 de dezembro, no Clube Regatas Tietê. Mis informações sobre o show, clique aqui.

Adriana Andréa de Oliveira

Parabéns Adriana, seu nome estará na lista de convidados.

O Ponto ZerØ, agradece a Pisca Produtora pela oportunidade de sortear o ingresso, agradecemos também a todos participantes da promoção.

Continuem acessando o blog, pois em breve teremos mais novidades.

Equipe Ponto ZerØ

Escrito por Ponto ZerØ às 20h56
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

27/11/11


Assista o videoclipe de "Walking In The Air" da nova banda de Tarja Turunen

Está previsto para Dezembro o lançamento nacional do primeiro álbum do HARUS, projeto de música clássica da ex-vocalista do Nightwish, Tarja Turunen.

Intitulado In Concert - Live At Sibelius Hall, esse é o primeiro álbum do HARUS que representa um retorno às origens para a cantora finlandesa.

Se Tarja é conhecida por cantar rock/metal com estilo clássico, no HARUS a proposta é trazer uma linguagem moderna para a música erudita.

O HARUS estreou como grupo no Lahti Organ Festival em 2006 na Finlândia. Além de Tarja nos vocais, a banda conta também com os músicos Kalevi Kiviniemi (teclados), Marzi Nyman (guitarra) e Markku Krohn (percussão).

"Walking In The Air" é o título do primeiro single do álbum de estréia. O videoclipe da música estreou no último dia 17 de Novembro e já está disponível no Youtube:





In Concert - Live At Sibelius Hall chega ao Brasil pela Hellion Records em três versões diferentes: CD Digipack nacional, DVD nacional e Blu-Ray + CD importado com preço super especial.

Entre outras novidades, em Dezembro chega também às lojas brasileiras, via Hellion, novas versões remasterizados de três clássicos do Nightwish: Oceanborn (1998), Wishmaster (2000) e o EP Over The Hills And Far Away de 2001. Verdadeiras edições de colecionador, os três discos virão recheados de várias faixas bônus.

Mais Informações:
www.hellion.com.br
www.twitter.com/hellionrecords
www.myspace.com/hellionrecords
www.facebook.com/HellionRecordsBrazil
www.facebook.com/harusofficial

Assessoria de Imprensa Hellion Records:
Eliton Tomasi - SOM DO DARMA

eliton.tomasi@hellionrecords.com
eliton_tomasi@msn.com (MSN)
eliton.tomasi (SKYPE)
www.twitter.com/eliton_tomasi (TWITTER)
www.facebook.com/profile.php?id=1548503867 (FACEBOOK)
www.somdodarma.com.br
Tel/Fax +55 15 3211-1621

Crédito Foto Tarja Turunen: Eugenio Mazzinghi

Escrito por Ponto ZerØ às 13h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Dimmu Borgir: nova data no show em São Paulo

Único show no país ocorre dia 6 de março no Carioca Club (SP)

Por problemas no agendamento de datas da administração da casa Carioca Club, a data do show do grupo norueguês Dimmu Borgir em São Paulo foi alterada para o dia 6 de março de 2012.

Em turnê intitulada "The South American Tour 2012", Shagrath (vocal), Silenoz e Galder (guitarras), Cyrus (baixo), Daray (bateria) e Gerlioz (teclados) virão ao Brasil divulgar o mais recente álbum, "Abrahadabra". Os ingressos já estão à venda no site da Ticket Brasil (www.ticketbrasil.com.br/show/dimmuborgir-sp)

Serviço:
Atração principal: DIMMU BORGIR – "The South American Tour 2012’"
Banda de Abertura: Não há
Data: 6 de março de 2012 (terça-feira)
Horário: Portas – 19h / Show – 21h / Término 23h
Local: Carioca Club (www.cariocaclub.com.br)
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2.899 - Pinheiros - São Paulo/SP
Telefones: (11) 3813-8598 / 3813-4524 / 3814-5711
Classificação etária: 14 anos
Capacidade: 1700 pessoas

*Será expressamente proibida a entrada de câmeras fotográficas profissionais e semi-profissionais.
*A organização do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora dos sites e pontos de venda oficiais.

Informações e compra de ingressos:
As vendas começam a partir de 25 de novembro através da Ticket Brasil – www.ticketbrasil.com.br/show/dimmuborgir-sp (em até 12x no cartão) e nos respectivos pontos de venda:

Microcamp - Unidades: Casa Verde / Lapa / Santo Amaro / Tatuapé / Diadema / Mauá / Taboão da Serra / Pinheiros / Osasco / São Caetano do Sul.

Metal CD's - Rua Dona Elisa Fláquer, 184 - Centro - Santo André.

Carioca Club - Rua Cardeal Arcoverde, 2.899 - Pinheiros - São Paulo – SP

SickMind - Alameda Jaú, 1529 - Jardim Paulista – São Paulo.

Possessed - Av. São João, 439 - 2º andar - Lojas 314/318 - Centro – São Paulo.

* O pagamento nos pontos de venda deverá ser feito somente em dinheiro, ou com os cartões (exceto no Carioca Club): VISA / MASTERCARD / AMEX (Débito ou crédito à vista).
* Não será cobrado taxas de conveniência no site e nos pontos de venda.

Mais informações sobre pontos de venda, preços e formas de pagamento acesse o site da Ticket Brasil – www.ticketbrasil.com.br.

Setores - Preços:
PISTA Inteira R$ 165,00
PISTA Meia-entrada R$ 85,00
CAMAROTE Inteira R$ 265,00
CAMAROTE Meia-entrada R$ 135,00

Sites relacionados:
http://site.dimmu-borgir.com
www.freepass.art.br
e-mail: freepass@freepass.art.br

Escrito por Ponto ZerØ às 13h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Carro Bomba: 'Carcaça' está na segunda prensagem

"Carcaça", quarto álbum do grupo paulistano Carro Bomba, já está em sua segunda prensagem. A boa fase vivida por Rogério Fernandes (vocal), Marcello Schevano (guitarra), Fabrízio Micheloni (baixo) e Heitor Shewchenko (bateria) mostra que o som pesado, cantado em português ainda tem vez no cenário do Heavy Metal Brasileiro.

"Tivemos uma ótima resposta do público e da mídia com o 'Carcaça'. As resenhas estão muito boas e a boa vendagem mostra que estamos no caminho certo", comentou o guitarrista Marcello Schevano. "Em uma época em que a venda de CDs pelo mundo anda em baixa e que até as grandes gravadoras disseram que planejam abandonar o formato em grande escala em 2012, é claro que este é motivo para comemorarmos!", acrescenta o baixista Fabrízio Micheloni.

Confira o que a mídia anda dizendo sobre 'Carcaça':

"De todas as bandas brasileiras que cantam na sua língua nativa, Carro Bomba com certeza é a melhor." - Rockonnection

"O melhor Heavy Metal nacional em português tem nome: Carro Bomba." - Estadão

"Espere por peso, muito peso!" - Revista Roadie Crew

"Carcaça é motivo de orgulho para qualquer um que compartilhe a paixão pelo Rock pesado da velha escola e cantado na língua portuguesa." - Whiplash.net

"(...) Melhor Metal produzido em nosso país, sem sombra de dúvida." - Whiplash.net

"Nasceu um novo clássico, e seu nome é Carcaça!" - Collector's Room

"Só me esta dizer que o álbum é "simplesmente", MATADOR!" - True Metal Brazil

"(...) Os caras enfiaram os dois pés no peito do ouvinte, fazendo deste o seu disco mais pesado!" - Scypher Digital Magazine

Contatos:
www.carrobombaoficial.com.br
www.myspace.com/carrobomba
www.twitter.com/carrobomba
www.youtube.com/user/CarroBombaTV

Para agendar entrevista, entre em contato com a Assessoria Brasil Music Press através do e-mail: press@brasilmusicpress.com

Para imagens, logotipo e mais informações, acesse: Carro Bomba-BMP

Escrito por Ponto ZerØ às 13h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Genocidio e Death Tribute juntos em show de homenagem aos 10 anos da morte de Chuck Schuldiner

O Death Tribute, formado por Bruno Sutter (Massacration), Dennis Decurion (Genocidio), Jonathan Becker (ex-Are you God?) e Nando Lima (ex-Massacration), irá prestar mais uma grande homenagem ao mestre Chuck Schuldiner, desta vez marcando os dez anos da morte deste ícone mundial do Metal extremo. O evento, que será realizado no dia 10 de dezembro no Blackmore Rock Bar, em São Paulo (SP), contará ainda com a presença da banda Genocidio.

Chuck faleceu em 13 de dezembro de 2001, vítima de câncer, porém seu legado musical ainda perpetua, influenciando inúmeros músicos e bandas ao redor do mundo. A banda Death Tribute executará sons de todos os álbuns do Death, com a precisão e qualidade já testemunhadas em outros shows. "Um cara como Chuck Schuldiner merece toda e qualquer homenagem, ainda mais pelo fato de completar 10 anos de sua morte! É uma motivação enorme e vamos celebrar esta data tocando as músicas que tornaram o Death uma referência na cena metálica mundial", afirma o baixista/vocalista Bruno Sutter.

O Genocidio, que segue promovendo o álbum "The Clan", fará a estreia do baterista Patrick Leung (ex-Scars e Chaosfear). O novo integrante, juntamente com W. Perna (baixo), Murillo L. (vocal e guitarra) e Dennis D. (guitarra), terão a participação especial de Roger Lombardi (Goatlove) em seu show. O vocalista recentemente aparece dividindo os vocais com Murillo L. no videoclipe da música "Settimia". Todas as fases da carreira da banda serão repassadas pela nova formação, que se prepara para lançar mais um álbum inédito em 2012.

Serviço - Death Tribute e Genocidio:
Data
: sábado (10 de dezembro)
Horário: 22h
Local: Blackmore Rock Bar
Endereço: Alameda dos Maracatins, 1317, Moema - São Paulo/SP
Fone: (11) 5041-9340
Entrada: R$ 15 (Mulher) / R$ 20 (Homem)
Promoção: Tome 2 cervejas Itaipava em lata e ganhe a terceira de graça
Concorra a entradas VIP: acesse rockonstage.org e participe!
Cartões de Débito: Rede Shop / Visa Electron / Maestro
Cartões de Crédito: Mastercard / Visa
Reserva de mesas por e-mail: blackmore@blackmore.com.br
Estacionamento: Vallet Service na porta (R$ 15)
Site: www.blackmore.com.br

Escrito por Ponto ZerØ às 13h42
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Ross The Boss envia recado aos fãs brasileiros


O ex-guitarrista do Manowar, Ross The Boss, se apresentará pela primeira vez no Brasil no dia 10 de dezembro (sábado), a partir das 18h, no Manifesto Bar, em São Paulo. O grupo, que é completado por Tarek "MS" Maghary (vocal, Majesty), Carsten Kettering (baixo) e Matze "The German Hammer" Mayer (bateria), promovendo o segundo álbum, "Hailstorm", successor de "New Metal Leader" (2008).

O norte-americano Ross The Boss (Ross Friedman) começou sua carreira na banda The Dictators, mas ficou famoso no meio do Heavy Metal com o Manowar, grupo com o qual registrou grandes clássicos, como "Battle Hymns" (1982), "Into Glory Ride" (1983), "Hail To England" (1984), "Sign Of The Hammer" (1984), "Fighting The World" (1987) e "Kings of Metal" (1988). Ao deixar a banda, o guitarrista ficou um tempo afastado da cena, voltando a chamar a atenção em 2005, quando se juntou aos ex-companheiros para um show especial. Não passou muito tempo até criar sua banda solo, que fez a estreia em 2008, com o álbum "New Metal Leader". Sobre o Brasil, Ross The Boss se diz grato pelo apoio: "Sou muito grato aos meus fãs brasileiros e gostaria de dizer a todos que mantenham a fé no Heavy Metal. Nós estamos fazendo a nossa parte!", declarou.

Serviço – Ross The Boss:
Data
: 10 de dezembro (sábado)
Horário: 18h
Local: Manifesto Bar
Endereço: Rua Iguatemi, 36, Itaim Bibi - São Paulo/SP
Fone: (11) 3168-9595
Censura: 16 anos
Entrada: R$ 70 (1º lote) - à venda no Manifesto Bar, na loja RockLand (Galeria do Rock – 3362-2606) e online através da www.ticketbrasil.com.br / www.ingressorapido.com.br
Convênio com Estacionamento (Rua Joaquim Floriano, 1137)
Acesso a deficientes / ar condicionado

Outras datas:
08 Dezembro - Campinas/SP: Local : Sebastian Bar
Infos: www.sebastianbar.com.br
09 Dezembro - São Luis/MA - Local: Let it Beer
Infos: lamparinafilmes@gmail.com

Sites relacionados:
www.ross-the-boss.de
www.myspace.com/newmetalleader
www.manifestobar.com.br
www.openroadagency.com

Confira o recado de Ross The Boss aos seus fãs brasileiros no vídeo abaixo:



Escrito por Ponto ZerØ às 13h37
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

23/11/11


Floor Jansen confirma participação em show do MaYan neste sábado


Metal sinfônico invade a capital paulistana


Ela está recuperada! Floor Jansen acaba de confirmar à produtora Dark Dimensions que será uma das atrações especiais da única apresentação do dream team holandês MaYan no Brasil. O show acontece neste sábado (26/11), no Carioca Club, em São Paulo.

No repertório, a banda promete dois sets distintos: um com músicas do debut álbum "Quarterpast" e um segundo, de 50 minutos, com clássicos e as novas composições do Epica e, provavelmente, do After Forever também.

Mark Jansen (vocal Epica), Isaac Delahaye (guitarra Epica, ex-God Dethroned), Frank Schiphorst (guitarra Symmetry), Rob van der Loo (baixo ex-Delain, ex-Sun Caged), Jack Driessen (teclado ex-After Forever), Ariën van Weesenbeek (bateria Epica, ex-God Dethroned) lançaram recentemente o debut álbum "Quarterpast", no Brasil, via Hellion Records.

A cantora, que alegou há alguns meses atrás sofrer da Síndrome de Burn Out (esgotamento físico e psicológico devido ao trabalho excessivo), vai se juntar aos artistas convidados Simone Simons (vocalista, Epica), Henning Basse (vocalista, Sons of Seasons) e a talentosa cantora de opera italiana Laura Macri, que já estão excursionando pela América Latina.

No domingo, os integrantes da banda Epica invadem o tradicional Manifesto Bar, para um show inusitado. Os holandeses farão performance acústica desfilando as principais composições de seus seis aclamados registros fonográficos.

Para que todos os fãs da banda possam comparecer aos dois shows, a produtora Dark Dimensions preparou um pacote promocional com preços especiais. Confira no serviço abaixo.

Links relacionados:
http://www.mayanbrasil.com/mayan/
http://www.mayanofficial.com
http://www.facebook.com/mayanband
http://www.twitter.com/mayanofficial
http://www.youtube.com/mayanofficial
http://www.myspace.com/mayanofficial
http://www.darkdimensions.com.br/
http://www.facebook.com/profile.php?id=659861147
http://twitter.com/darkdimensions_
http://theultimatepress.blogspot.com
http://twitter.com/ultimatemusicpr
http://www.myspace.com/mellinne
http://www.hellion.com.br
http://www.twitter.com/hellionrecords
http://www.myspace.com/hellionrecords
http://www.facebook.com/HellionRecordsBrazil

Serviço São Paulo
Data
: 26/11/2011 (sábado)
Local: Carioca Club
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2899, Pinheiros
Hora: 20h (abertura da casa às 18h)
Banda de abertura: Mellinne
Ingressos: 1°lote: esgotado! | 2°lote: R$ 85,00 | Na porta: R$ 120,00 (Preços para ingressos promocionais antecipados e estudantes)
Venda Online: http://darkdimensions.webstorelw.com.br/
Ponto de Venda Galeria do Rock:
- lojas Lady Snake (11) 3333.6931 e (11) 3361.7705
- loja Hellion Records (11) 223-4392 / (11) 223-8855

Serviço Epica - Show Acústico
Data
: 27 de novembro (domingo)
Local: Manifesto Bar
Endereço: Rua Iguatemi, 33 - Itaim Bibi
Hora: 20h
Ingressos: somente em http://darkdimensions.webstorelw.com.br/
Valor:
R$ 50,00 (para quem já tem o ingresso para o show do Mayan)
R$ 135,00 (pacote show do Mayan + acústico do Epica)
R$ 120,00 (somente para o show acústico)

Próximos shows da Dark Dimensions:
26/11/11 - MaYan + Epica
27/11/11 - Epica acústico
29/11/11 - Ace of Base
14/01/12 - Dying Fetus
04/02/12 - Diablo Swing Orchestra
11/02/12 - Within Temptation
04/03/12 - Six feet Under
14/04/12 - Sebastian Bach
15/04/12 - Sebastian Bach
13/05/12 - W.A.S.P.

Escrito por Ponto ZerØ às 22h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Eluveitie confirma nova turnê pelo Brasil em 2012


Grupo é uma das sensações do folk metal europeu



Após bem-sucedida passagem pelo Brasil no começo deste ano, os suíços do Eluveitie acabam de confirmar retorno ao país em 2012. A CP Management e Metal Music estão agendando três apresentações do grupo considerado um dos mais influentes do cenário do folk metal nos últimos tempos.

Neste momento, Chrigel Glanzmann (vocal principal, mandola, flautas, gaita, violão acústico e bodhrán – espécie de tambor tribal), Meri Tadic (violinos e vocais secundários), Anna Murphy (hurdy gurdy – viola de roda e vocal), Ivo Henzi (guitarra), Kay Brem (baixo), Simeon Koch (guitarra), Päde Kistler (gaita de fole e Tin & low whistles – espécie de flauta irlandesa), Merlin Sutter (bateria) estão em estúdio gravando o álbum "Helvetios".

O aclamado “Everything Remains As It Never Was” (2010) teve grande apelo no mercado musical europeu. O disco chegou a figurar nos charts dos discos mais vendidos em paises como: Suíça: #8, Alemanha: #19 e Áustria: #22.

Recentemente, a banda lançou a EluTV que traz cenas de shows e bastidores da turnês ao redor do Mundo e já tem exibido imagens dos músicos trabalhando no novo disco. Para conferir, acesse www.eluveitie.ch.

Até o momento, a nova turnê do Eluveitie pelo Brasil é a seguinte:
18/01/2012 - TBA - Brasil
19/01/2012 - TBA - Brasil
20/01/2012 - Estúdio M - São Paulo, Brasil

Assim que a nova passagem do grupo foi confirmada, os músicos logo postaram uma mensagem extremamente descontraída aos fãs brasileiros.




Inclusive a midia nacional também já noticiou a excursão em www.redetv.com.br.

Os ingressos para a apresentação na capital paulistana já estão à venda na bilheteria do Estudio M, nas lojas Paranoid, Mutilation, Die Hard, Consulado do Rock e Animal Records na Galeria do Rock, Metal CDs (Santo André) e pela internet no site da Ticket Brasil. O 1° lote custa R$ 80,00 (promocional/estudante) e R$ 100 (camarote).

Serviço São Paulo
Data
: 20/01/2012 - Sexta Feira
Local: Estúdio M - www.estudioemme.com.br
Bilheteria: segunda a sábado, das 15h às 22h.
Rua Pedroso de Moraes, 1036.
Tel. (11) 3031.3290

Ingressos:
1° lote limitado: R$ 80,00 (Meia entrada/promocional)
Camarote: R$100,00
Postos de Venda
Galeria do Rock:
Animal Records (11) 3223.6277 | Consulado do Rock (11) 3221.7933 | Die Hard (11) 3331.3978 | Mutilation (11) 3222.8253 | Paranoid (11) 3221.5297
Santo André: Metal CDs (11) 4994.7565
Venda pela internet: www.ticketbrasil.com.br. (à vista ou parcelado)
Informações: (11) 4994.7565 / (11) 9557.8358
Imprensa: (13) 9161.6267

Links relacionados:
www.eluveitie.ch
http://twitter.com/eluveitie
www.facebook.com/eluveitie
www.metalmusic.com.br
www.cacapratesmanagement.com.br
www.rockbrigade.com.br
http://theultimatepress.blogspot.com

Escrito por Ponto ZerØ às 22h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Dimmu Borgir se apresenta em março no Brasil


Único show no país ocorre dia 4 de março no Carioca Club (SP)

A Free Pass Entretenimento confirmou o show único no Brasil do grupo norueguês Dimmu Borgir, um dos principais nomes do Black Metal mundial. Em turnê intitulada "The South American Tour 2012", Shagrath (vocal), Silenoz e Galder (guitarras), Cyrus (baixo), Daray (bateria) e Gerlioz (teclados) se apresentarão dia 4 de março de 2012, às 20h, no Carioca Club, em São Paulo/SP. "Não tocamos na América do Sul desde 2004, o que é muito tempo. Queremos mostrar nossa música para um público novo", observa o guitarrista Silenoz.

A banda vem ao Brasil divulgar o mais recente álbum, "Abrahadabra", além de seus maiores sucessos. "Nós encaramos esse álbum como um novo começo. Nunca ficamos olhando para trás e fizemos um disco realmente matador e do qual estamos muito orgulhosos", comentou Silenoz meses após o lançamento, ocorrido em setembro de 2010.

Serviço:
Atração principal: DIMMU BORGIR – "The South American Tour 2012’"
Banda de Abertura
: Não há
Data: 4 de março de 2012 (domingo)
Horário: Portas – 18h / Show – 20h
Local: Carioca Club (www.cariocaclub.com.br)
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2.899 - Pinheiros - São Paulo/SP
Telefones: (11) 3813-8598 / 3813-4524 / 3814-5711
Classificação etária: 14 anos
Capacidade: 1700 pessoas

*Será expressamente proibida a entrada de câmeras fotográficas profissionais e semi-profissionais.
*A organização do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora dos sites e pontos de venda oficiais.


Informações e compra de ingressos:
As vendas começam a partir de 26 de novembro através da Ticket Brasil – www.ticketbrasil.com.br (em até 12x no cartão) e nos respectivos pontos de venda:

Microcamp - Unidades: Casa Verde / Lapa / Santo Amaro / Tatuapé / Diadema / Mauá / Taboão da Serra / Pinheiros / Osasco / São Caetano do Sul.

Metal CD's - Rua Dona Elisa Fláquer, 184 - Centro - Santo André.

Carioca Club - Rua Cardeal Arcoverde, 2.899 - Pinheiros - São Paulo – SP

SickMind - Alameda Jaú, 1529 - Jardim Paulista – São Paulo.

Possessed - Av. São João, 439 - 2º andar - Lojas 314/318 - Centro – São Paulo.

* O pagamento nos pontos de venda deverá ser feito somente em dinheiro, ou com os cartões (exceto no Carioca Club): VISA / MASTERCARD / AMEX (Débito ou crédito à vista).
* Não será cobrado taxas de conveniência no site e nos pontos de venda.


Mais informações sobre pontos de venda, preços e formas de pagamento acesse o site da Ticket Brasil www.ticketbrasil.com.br.

Setores - Preços:
PISTA Inteira R$ 165,00
PISTA Meia-entrada R$ 85,00
CAMAROTE Inteira R$ 265,00
CAMAROTE Meia-entrada R$ 135,00

Sites relacionados:
http://site.dimmu-borgir.com
www.freepass.art.br
e-mail: freepass@freepass.art.br

Escrito por Ponto ZerØ às 22h03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

ICED EARTH: INICIADA PRÉ VENDA DO NOVO ÁLBUM NO BRASIL


Depois de 3 anos sem material inédito, o ICED EARTH presenteia seus fãs com o novo trabalho "Dystopia", sucessor do DVD e CD ao vivo "Festival of Wicked".

O álbum, que será lançado no mercado brasileiro pela Shinigami Records, terá versão nacional em Digipack e estará disponível na primeira semana de dezembro, mas para os interessados, a Shinigami já está fazendo a pré venda do material.

"Dystopia" explora o pesadelo do mundo Orwelliano do futuro (ou será do presente?) e mostra que o som clássico da banda, com riffs esmagadores, agudos e estratosféricos vocais e refrães épicos, segue intacto. O álbum, que retorna o enredo de “Something Wicked”, marca a estréia do vocalista Stu Block (Into Eternity) assim como a volta do mascote Set Abominae.

Interessados em adquirir o material em pré venda, e recebe-lo em primeira mão, acesse o site da Shinigami Records www.shinigamirecords.com.br ou enviem um e-mail para contato@shinigamirecords.com.br

Escrito por Ponto ZerØ às 21h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

21/11/11


Opeth confirma retorno ao Brasil em 2012


Suecos agendaram longa turnê pela América Latina


A Agência Sobcontrole orgulhosamente informa o retorno do Opeth, um dos grupos mais exaltados do metal mundial, ao Brasil. Os suecos agendaram uma longa série de apresentações pela América Latina e o último show da excursão acontece no dia 1° de abril, no Carioca Club, em São Paulo. Esta será a única performance no país.

Atualmente, o grupo está percorrendo diversos países da Europa para promover o novo álbum "Heritage". O décimo registro fonográfico do grupo foi lançado recentemente via Roadrunner Records e tem sido um dos discos mais elogiados dos últimos anos.

A estreia do Opeth no Brasil aconteceu em 5 de abril de 2009, no Santana Hall, em São Paulo. Naquela ocasião, a performance da banda levou os fãs à loucura ao executar todos os clássicos da carreira do grupo.

A turnê pela América Latina do Opeth é a seguinte:
Mar 22 Teatro La Ciudad - Monterrey, Mexico
Mar 24 Circo Volador - Cidade do Mexico, Mexico
Mar 25 Circo Volador - cidade do Mexico, Mexico
Mar 28 Teatro Capulican - Santiago, Chile
Mar 29 Las Duranas - Montevideo, Uruguai
Mar 31 Teatro Flores - Buenos Aires, Argentina
Apr 01 Carioca Club - São Paulo, Brasil

Links relacionados:
www.opeth.com
www.facebook.com/opeth
www.twitter.com/officialopeth
www.sobcontrole.org
www.cariocaclub.com.br
http://theultimatepress.blogspot.com

Serviço Opeth no Brasil
Data
: 01/04/2012
Horário: 20h
Local: Carioca Club
End: R. Cardeal Arcoverde, 2899

Ingressos:
Pista:
1° lote Estudantes: R$ 80,00
1° lote Promocionais: R$ 100,00
2° lote Estudantes: R$ 100,00
2° lote Promocionais: R$ 140,00
Mezanino:
1° lote Estudantes: R$ 120,00
1° lote Promocionais: R$ 150,00

Pontos de Venda (ingressos nas lojas disponíveis a partir de 24/11/2011):

Bilheterias do Carioca Club
Infoline: (11) 3813-8598 / 3813-4524 / 3814-5711

Galeria do Rock
Loja LadySnake: 1° andar - (11) 33617705
Loja Hellion: 1° andar - (11) 32238855
Mutilation: 2 andar - (11) 3222 8253

Santo André
Metal CDs: (11) 4994.7565 - R. Dr. Elisa Flaquer , 184

Ingressos online: www.ticketbrasil.com.br

Infos Gerais: sobcontroleproducoes@yahoo.com.br
Imprensa: (13) 9161.6267

Escrito por Ponto ZerØ às 22h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Epica fará show acústico domingo no Manifesto Bar


O Brasil está em contagem regressiva para receber o dream team do MaYan. O supergrupo holandês já deu início à sua primeira turnê pela América Latina. A apresentação de estreia aconteceu no último dia 13, na Colômbia. O único show no país será em São Paulo (26/11 - Carioca Club). O show no Rio de Janeiro (27/11 - Fundição Progresso) está cancelado. Porém, nesta data será realizado um show acústico com os integrantes do Epica, no tradicional Manifesto Bar.

Mark Jansen (vocal Epica), Isaac Delahaye (guitarra Epica, ex-God Dethroned), Frank Schiphorst (guitarra Symmetry), Rob van der Loo (baixo ex-Delain, ex-Sun Caged), Jack Driessen (teclado ex-After Forever), Ariën van Weesenbeek (bateria Epica, ex-God Dethroned) lançaram recentemente o debut álbum "Quarterpast", no Brasil, via Hellion Records.

Os artistas convidados para a turnê pela América Latina são a bela Simone Simons (vocalista, Epica), Henning Basse (vocalista, Sons of Seasons) e a talentosa cantora de opera italiana Laura Macri.

Serviço Epica - Show Acústico:
Data
: 27 de novembro (domingo)
Local: Manifesto Bar
Endereço: Rua Iguatemi, 33 - Itaim Bibi, SP/SP
Hora: 20h
Ingressos: somente em http://darkdimensions.webstorelw.com.br/

Valor:
R$ 50,00 (para quem já tem o ingresso para o show do Mayan)
R$ 135,00 (pacote show do Mayan + acústico do Epica)
R$ 120,00 (somente para o show acústico)
Site: Manifesto Bar

Escrito por Ponto ZerØ às 19h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

19/11/11


"WELCOME" novo single da banda SpallaH

A banda de metal SPALLAH, irá disponibilizar em sua página oficial do MySpace, seu novo single intitulado de "WELCOME", com produção de Marcello Pompeu da banda Korzus.

Formada em 2009 na cidade de Guarulhos, o SPALLAH surgiu com a pretensão de levar um som cru, pesado com uma característica bem diferente do convencional, sua música experimental, traz uma gama de ritmos que vagueia entre o peso do metal, a força do Hard Core Old School e os elementos do Jazz Fusion.

No ano de 2010 o SPALLAH gravou seu primeiro single, "Follow", mostrando toda a energia exalada pela banda adicionando um convidado especial Danny Couto (Ill Niño) na percussão.

Confira abaixo, uma prévia do novo single:





Informações sobre a banda: www.myspace.com/spallah

Contatos e mais informações:
Ziv Produções World Music Press
www.zivworldmusicpress.com
sol.brocanelli@zivworldmusicpress.com

Escrito por Ponto ZerØ às 16h35
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

18/11/11


Disco de estréia do MAYAN já disponível no Brasil

Quarterpast, disco de estréia do MAYAN, acaba de ser lançado oficialmente no Brasil às vésperas do show que o supergrupo holandês fará no próximo dia 26 no Carioca Club em São Paulo.

Gravado no Gate Studios na Alemanha junto com o renomado produtor Sascha Paeth, Quarterpast reúne 12 faixas dualísticas que transitam entre a brutalidade do death metal e a beleza das orquestrações sinfônicas.

Quarterpast é criatividade em estado de ebulição! Indicado não somente para os fãs do EPICA e AFTER FOREVER, mas desde fãs de metal progressivo até o mais extremo deathbanger.

SOBRE O MAYAN:

No início de 2010, Mark Jansen, guitarrista do EPICA, iniciou um projeto junto com o ex-tecladista do AFTER FOREVER, Jack Driessen. A idéia original era fazer death metal técnico combinado com arranjos sinfônicos.

Empolgados com o resultado das primeiras composições, eles decidiram oficializar o trabalho e convidaram outros músicos para participar: o baterista Ariën van Weesenbeek (EPICA, ex-GOD DETHRONED), os guitarristas Isaac Delahaye (EPICA, ex-GOD DETHRONED) e Frank Schiphorst (ex-SYMMETRY), além do baixista Rob van der Loo (ex-DELAIN). Uma nova banda então estava formada, o MAYAN.

Para os vocais, a banda recrutou uma série de convidados pra lá de especiais: Floor Jansen (REVAMP, ex-AFTER FOREVER), Simone Simons (EPICA), Henning Basse (SONS OF SEASONS) e uma das revelações da Opera Italiana, Laura Macrì.

Com tantas estrelas reunidas, o MAYAN deixava de ser uma simples banda para tornar-se num novo supergrupo.

Assista o videoclipe para a música "War On Terror":



Quarterpast já está à venda em todas as lojas do Brasil ou diretamente no site da HELLION RECORDS www.hellion.com.br

Mais Informações:
www.hellion.com.br
www.twitter.com/hellionrecords
www.myspace.com/hellionrecords
www.facebook.com/HellionRecordsBrazil
www.mayanofficial.com
www.mayanbrasil.com/mayan

Escrito por Ponto ZerØ às 20h48
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

17/11/11


Promoção - Ganhe 1 Ingresso para o show do Matanza!



 

O Ponto Zero, em parceria com a Pisca Produtora, irá sortear 1 ingresso para o show do Matanza que acontecerá no Clube de Regatas do Tietê, no dia 3 de dezembro.

Para participar, basta enviar um e-mail para: ponto.zero.blog@gmail.com, com cópia para pisca@pisca.com.br, com o nome completo e RG.

O resultado será divulgado 3 dias antes do show.

Boa sorte!!! 

Escrito por Ponto ZerØ às 00h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Fernando Quesada promove Dia do Metal Nacional Versão Estúdio


Oi, gente! Realmente fiquei muito contente de ver os comentários! Pela quantidade de pessoas que comentaram, já se vê que o metal nacional não está morto! Caso contrário, ninguém teria comentado o fato!

Venho aqui, então, por vocês, que responderam e estão ajudando a cena, fazer um pouco da minha parte!

O Thiago Bianchi já começou a fazer um pouco a parte dele, com o evento. E eu vou fazer um pouco da minha parte, agora!

Eu, como trabalho produção musical, quero propor, na região onde moro, fazer uma ação e, se por acaso, algum produtor de outra região puder fazer o mesmo, eu agradeço também!

Quero fazer o dia do Metal Edição Power Metal em Estúdio! Vejam o que acham:

Muitos falam que falta qualidade nos trabalhos de metal nacional, por falta de oportunidade e eu concordo com isso. Então, quero dar oportunidade para 5 bandas de Power Metal Nacional poderem ter um single bem gravado e ter essa oportunidade de lançar algo legal na internet!

Então vou fazer em Março o DIA DO METAL Edição Power Metal em Estúdio!

Quero selecionar 5 bandas, que concordem em vir até a região de ITU (interior de SP) para, no mesmo dia, grava-las tocando em estúdio e eu vou editar, mixar e masterizar esses singles!

Vou selecionar de acordo com a HISTÓRIA e a correria de trabalhos feitas na internet! Priorizando as bandas que mais correram, que sempre batalharam e não tiveram oportunidade.

Espero poder contar com outros produtores, tirando alguns dias da sua rotina pra ajudar uma cena! Podemos mostrar mais pelo menos 100 bandas de Power Metal se produtores em outras regiões puderem fazer isso também!

Então a partir de hoje até o dia 24 de janeiro (que é o meu aniversário) estou abrindo as inscrições para as bandas mandarem:
- Releases;
- 1 amostra sonora, sendo em vídeo ou áudio ou como preferirem! A única coisa é que tem que ser um link em algum lugar para eu não precisar baixar, ok?;
- 1 foto da banda;
- Links da banda.

Vou receber cuidadosamente e olhar bem para todos para podermos começar uma União em estúdio também mostrando a qualidade do metal nacional para quem não teve a oportunidade!

Sei que não é muito, mas está ao meu alcance agora propor um dia desses! E quero fazer mais edições dessas conforme tudo for funcionando!

Vou contar com o apoio da Universidade CEUNSP, onde sou coordenador de áudio, do estúdio TEOCHI em ITU (interior de São Paulo) onde vamos gravar, da escola CUSTOM e EM&T (também no interior de SP).

Estou feliz por poder fazer isso pela cena onde trabalho e tenho certeza que vamos alcançar grandes trabalhos!

Então a partir de hoje pelo email diadometal@rockpressbrasil.com, as bandas interessadas podem tirar suas dúvidas.

Agradeço muito a todos envolvidos! E vamos juntar forças!!!!

Grande Abraço!



Informações e inscrições: www.wix.com/diadometal/estudio

Fernando Quesada - coordenador e professor de produção musical e áudio na Universidade Ceunsp e EM&T , professor na Escola Custom, produtor musical e baixista da banda Shaman.

Escrito por Ponto ZerØ às 21h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Pisca Produtora e Opinião trazem a Porto Alegre as duas bandas mais bêbados e independentes do Brasil


Velhas Virgens & Matanza
Para comemorar uma grande dobradinha de Natal.



Velhas Virgens fará o show de lançamento do DVD gravado ao vivo em Porto Alegre no Opinião.

Matanza após se apresentar no Rock In Rio, fará o show do novo disco “Natureza Odiosa Humana”.

Velhas Virgens – Dia 01 de Dezembro, quinta-feira, 23h.
Lançamento do DVD “Ao Vivo em Porto Alegre”.
Abertura: Bluecets e Tia Silas.

Matanza – Dia 11 de Dezembro, domingo, 20h.
Show "Odiosa Natureza Humana".
Abertura: Zerodoze e Balde de Sangue Country Bar.

Local: Opinião - Rua: José do Patrocínio, 834 - Cidade Baixa.
Cidade: Porto Alegre/RS.

Ingressos para cada evento:
1° Lote - R$ 20.00 – (esgotado).
2° Lote - R$ 25.00 – (Matanza esgotado).
3° Lote - R$ 30.00.
4º lote - R$ 35,00.
Na hora (local) R$ 40.00.

Vendas On Line: www.opiniaoingressos.com.br

Pontos de venda:
- Lojas Multisom (Rua: Andradas 1001 - centro, Shopping Iguatemi e Praia de Belas).
- A Place: Av: Voluntários da Pátria, 294 - loja: 150 - centro - Fone: (51) 3213.8150.
- Zeppelin - Av. Marechal Floriano, 185 - loja 209. Galeria luza - centro - Fone: (51) 3224.0668.
- Short Fuse – Galeria Malcon – Rua dos Andradas, 1560 – loja: 6B. – centro - Fone (51) 3062.3552.
- Shopping Total – Av. Cristovão Colombo, 545 – loja: 2052 – 2° andar – Bairro Floresta – Fone (51) 3018.7552.

Produção: Pisca Produtora e Opinião Produtora.

Informações: (51) 3211.2838 - pisca@pisca.com.br - www.pisca.com.br

Sites das bandas:
Velhas Virgens
: www.velhasvirgens.com.br
Matanza: www.matanza.com.br

Escrito por Ponto ZerØ às 21h34
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

MATANZA em São Paulo/SP



OBS::: 1º LOTE ESGOTADO - SOMENTE 2º LOTE AGORA...!!!

Show do disco "Odiosa Natureza Humana" e última apresentação desse ano em São Paulo.

::: FESTIVAL Dominda MUNDI :::

Dia: 03 de Dezembro, sábado, a casa abre as 18h, teremos 6 bandas de abertura e o Matanza entra no palco por volta da 00h.

Local: Clube Regatas Tietê, - Av. Santos Dumont, 843.
Bairro: Ponte pequena - Próximo ao metrô Armênia.
Estacionamento no local pela Marginal Tietê.
Cidade: São Paulo/SP.

Ingressos - Pista:
R$ 20,00 - 1º lote - (ESGOTADOS)
R$ 25,00 - 2º lote - (apenas 700 ingressos).
R$ 35,00 – Portaria (local).

Ingressos - Camarote:
R$ 40,00 - 1º lote - (apenas 100 ingressos).
R$ 50,00 - 2º lote - (apenas 200 ingressos).

Ingressos On Line
:
www.ingressos.netsonora.com

Pontos de vendas:

*São Paulo

Galeria do Rock
Consulado do Rock - Tel.3221-7933.
Av. São João, 439 - loja 234 - Centro São Paulo.

*ABC
Metal Discos - Tel. 4994-7565.

*Pinheiros
Iritsu Tattoo - Tel. 2305-6792.
Rua Cardeal Arcoverde, 520 - Próx. Metrô Clínicas.

*Tatuapé
X Art studio - Tel. 8645-0085 - 7122-6129.
R. Tijuco Preto, 606 - Próx. Metrô Tatuapé.

*Penha
Ska Skate Rock – Tel. 2646-4988
skaskaterock@gmail.com
Rua: Capitão Avelino Carneiron, 359 – Penha.

*Guarulhos
Disconnect Studio - Tel.2408-1952 - 3435-7046.
R. Pres. Prudente, 271 - 3o Andar - Sala V.
Centro de Guarulhos.

*Osasco
Slip Wave - Tel. 3681-2992.
R. Primitiva Vianco, 100 - Loja 104.
Shopping Galeria - Centro de Osasco.

Realização:
Interlude Produções
Pisca Produtora

Informações:
contato@interludevirtual.com.br
pisca@pisca.com.br
Tel.: (11) 9553 2975 - 7740 6985 - Nextel: 11*45215.

Escrito por Ponto ZerØ às 21h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

15/11/11


Beholder Fest: Festival de Rock e consciência social


O projeto Beholder Fest foi idealizado por Eric Lentini (músico e produtor cultural do abc paulista) ele tinha como principal objetivo promover a cultura através do rock em diversas cidades do Brasil.

Após um longo período para tornar esse projeto possível percebemos que acima de tudo o Beholder Fest que vem sendo desenvolvido tecnicamente pela Hoffman e O’Brian – marketing artístico em parceria com seu idealizador tem como finalidade produzir um Festival Independente voltada ao Rock e suas vertentes com o objetivo de:

1- Incentivar a produção musical com ênfase no rock and roll;
2- Levar ao conhecimento do público em geral o trabalho realizado por bandas de rock and roll da região dentro das mais variadas vertentes;
3- Promover o intercâmbio entre as bandas;
4- Descobrir e incentivar novos valores e propostas do rock and roll nas cidades com poucas atividades culturais;
5- Promover uma celebração ao diálogo intercultural entre outros produtores culturais e as bandas selecionadas;
6- Combater estereótipos e apresentar, o rock and roll e suas vertentes, não só como um estilo musical, mas também, como uma via para a apresentação de idéias e debates.

Evento: Beholder Fest
Data: 18 de Dezembro de 2011 (Domingo) 12:00hrs
Local: Praça da Moça – Diadema – SP – Ao ar livre gratuito

Principais atrações confirmadas:
- Raimundos
- Korzus
- Hangar
- Eyes of Beholder
- Retturn
- Rygel
- This Grace Found
- Rainha Plebe
- Icktus

CONTATOS
Fones: +55 11 2862-4696 ou +55 11 8791-6446
www.beholderfest.com.br

Escrito por Fedopi® às 20h48
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

SIRENIA - Blackmore Rock Bar

Por Alex Fernandes da Costa

Em sua segunda passagem pelo Brasil, o grupo norueguês de metal sinfônico Sirenia realizou três apresentações no país este ano: uma no Rio de Janeiro (RJ) e duas em São Paulo (SP).

Na capital paulista, os shows aconteceram no Blackmore Rock Bar, nos dias 29 e 30 de outubro. No último dia, a noite começou com a banda Ravenland, que divulgou o EP “Memories”. Em uma apresentação de aproximadamente 45 minutos, eles demonstraram virtuosismo e capricharam na decoração do palco, com uma bela bandeira ao fundo.

O show foi marcado pela estreia da vocalista Juliana Rossi, que ao lado de Dewindson Wolfheart, soube dar conta do recado. Apesar de um público um pouco tímido, a banda soube levar o show com carisma e uma ótima presença de palco, tocando músicas próprias e finalizando com “Mercyside”, cover do Tristania.

Próximo às 21h, os integrantes da banda principal da noite Morten Veland (guitarra, vocal gutural), Ailyn (vocal), Jonathan Perez (bateria) e Jan Erik Soltvedt (guitarra) entraram no palco com a introdução “Obire Mortem”, seguida de "The end of it all", do novo álbum “The Enigma of Life” . Ao final da música, Morten agradeceu os fãs em português: “obrigado por terem vindo ao nosso show. Esperamos que todos vocês “vão” (sic) ter uma noite maravilhosa”, já anunciando a próxima canção “Downfall”.

A frontwoman Ailyn é muito querida pelos fãs brasileiros – e isso se observava pela resposta do público aos seus sorrisos, acenos e é claro, de sua bela voz. “Meridian”, do primeiro álbum “At Sixes and Sevens“ fizeram alguns fãs mais antigos se emocionarem. “A Seaside Serenade”, “Fading Star” e ”The Seventh Summer” deram continuidade ao set.

Ailyn cantou em sua língua nativa a balada “El enigma de la vida”, seguida por “Twilight In Your Eyes“ - ambas do último álbum. Voltando um pouco no tempo, foi a vez de “Star-Crossed”, do segundo álbum “An Elixir For Existence”. “Lost in Life” do álbum “The 13th Floor“ fizeram muitos fãs pularem e cantarem. Já na música “The Other Side” deu um certo clima de despedida – após executada, a banda saiu do palco e voltou para o Bis com “The Path to Decay”, fazendo mais uma vez os o público cantar, encerrando o show com a clássica “My Mind's Eye” , do Nine Destinies and a Downfall , deixando os fãs muito satisfeitos e ansiosos para novas datas em território brasileiro.


ÁLBUM DE FOTOS

Set List:
1; Intro -Obire Mortem
2.The End of It All Play
3.Downfall
4.Fallen Angel
5.All My Dreams
6.Meridian
7.A Seaside Serenade
8.Fading Star
9.The Seventh Summer
10.El Enigma de la Vida
11.The Twilight in Your Eyes
12.Star-Crossed
13.Winter Land
14.Oscura realidad
15.Lost In Life
16.The Other Side

Encore:
17.The Path To Decay
18.My Mind's Eye

Escrito por Ponto ZerØ às 12h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]
Ponto ZerØ


UOL






Fedopi®
Paola Teodoro
Patrícia Teodoro





Danielle Feltrin
Letícia Okabayashi
Edu The Great
Carolina Eberhart

ANGRA X-PLAY FESTIVAL
LANÇAMENTO "T.O.D." EM SP
RITUAL FLAME EM SP
AURA EM SP
WHISPER EM SP
GUARU EXTREME FEST IV
THERION EM SP
SHAMAN EM SANTO ANDRÉ/SP
YNGWIE MALMSTEEN EM SP
GILBY CLARKE EM SP
QUEENSRŸCHE EM SP
ETHS & EMBRIOMA EM SP
AVANTASIA EM SP
TUATHA E VAN CANTO EM SP
STAY HEAVY METAL STARS
MONTANHA EM SANTO ANDRÉ/SP
TARJA TURUNEN EM SP
BITTENCOURT PROJECT EM SP
SYMPHONY X EM SP
07/11 NIGHTWISH EM SP
BITTENCOURT PROJECT E ALMAH
NIGHTWISH EM SP
METAL CHRISTMAS FEST/SP
EDGUY EM SP
ARCH ENEMY EM SP
AMON AMARTH EM SP
BITTENCOUR PROJECT/SP
ROUPA NOVA/SP
PRIMAL FEAR EM SP
DR. SIN SESC STO ANDRÉ
STRATOVARIUS EM SP
BLACK OIL EM SP
DRAGONFORCE EM SP
AC/DC EM SP
PROJETO 666 EM SP
METAL PROG PARTY EM SP
SIRENIA EM SP
MONTANHA EM STO ANDRÉ/SP
KORPKLAANI EM SP
NOITE THRASH BLACKMORE/SP
GAMMA RAY EM SP
DEATHSTARS EM SP
DARK TRANQUILLITY EM SP
LACRIMOSA EM SP


BITTENCOURT PROJECT - BRAINWORMS I
VAN CANTO - HERO
ALMAH - FRAGILE EQUALITE
HEREGE - HEREGE
MAGICIAN - TALES OF THE MAGICIAN
DARKEST SEED - THE SCARS THAT NEVER HEAL
GREENSLEVES - THE BLIND MEN AND THE ELEPHANT
A SORROWFUL DREAM - TOWARD NOTHINGNESS
ANGRA - AQUA


SUPREMA
VICTOR VALENTIM - WISACHE
DRIVE-V
ANDRE RIVAL
RAFAEL BITTENCOURT
ADDASI ADDASI
STEFAN "VAN CANTO"
HENCEFORTH




BANDA PONTO ZERØ
L.E.T.A.L
FAIFT
DRIVE V
FINITUDE
FISTT
HOMOCINÉTICA
HERÓIS DA NOITE
A CANNA
DESALMADO
DECRIED
VINNIE PEREIRA
AVOID THE PAIN
QUEEN EVIL
CENTURY CHILD
SLASHER
ÓDIO
HIPPIE HUNTER
LIVIN GARDEN
xLOST IN HATEx